PARA VIDEOCURSO SOBRE FINANÇAS GRÁTIS CLIQUE AQUI

PARA VIDEOCURSO SOBRE FINANÇAS GRÁTIS CLIQUE AQUI
PARA VIDEOCURSO SOBRE FINANÇAS GRÁTIS CLICA NO CARTÃO ACIMA

domingo, 4 de novembro de 2018

Como tarefas inacabadas quebram a prosperidade e como transformar isso com EFT


Agora somente 2 meses para o final de ano e muito o que fazer ainda em tão pouco tempo.
Todo mundo fica lutando para cumprir tudo o que é programado para o dia. Muita gente me procura para falar mal de si mesmo nessa área, que não é um bom cumpridor de tarefas, como se não pudesse confiar em si, como se não pudesse mudar seus resultados, como se o que diz sobre si mesmo fosse um fato imutável sua falta de conclusão de tarefas, quem dirá ter continuidade no que realiza. O que acaba gerando muita autopunição por ser uma pessoa inadimplente.
As tarefas pendentes são sempre um alerta que você não é de confiança, difícil ficar perto, não sabe se planejar, já falhou antes em se planejar, não tem disciplina e por isso tudo não merece prosperidade.
Também fica registrado que não tem comprometimento, é como a maioria das pessoas mediana e merece resultados medianos.
Que você nunca tem tempo, mas na verdade o que não está fazendo é vendo que o dia tem 24h e temos uma quantidade de energia por dia que precisa ser usada primeiro funções vitais de sobrevivência, como respiração, batimentos cardíacos, digestão e depois o resto e que se estamos com a sensação que não cumprimos algo , a energia também está nesse foco, e com essa convicção, atraímos mais condições para comprovar que não concluímos, só nos deixando com menos energia e frustrados mais ainda.
Cada vez que cumpre uma tarefa atrasada, por menor que seja, você está dizendo para sua mente que consegue e mostra os fatos, que passam a fazer uma reprogramação sobre a visão de si e de suas capacidades de realização. Mostrando novas realidades para a mente, ela vai se permitindo reprogramar, desenvolver novas convicções e atração de eventos mais prósperos do Universo.
Uma coisa boa que podemos fazer para mudar como pensamos de nós sobre essa questão da inadimplência é fazer a lista de coisas que temos pendentes para realizar, faça uma lista de tudo que se lembrar no papel, podem ser tarefas domésticas, para seu trabalho, cursos incompletos , bem como na organização do seu dia, e fazer suas tarefas do dia e agindo em uma que deixou pendente, avançando em algum grau no seu poder de realização.
Outra coisa é estabelecer prioridades e ver se o que ficou para trás para ser feito realmente se encaixa em suas prioridades hoje, se o item não se encaixar, simplesmente aceite e diga que se permite seguir. Se sua prosperidade é importante, então faça uma tarefa da lista por dia. Claro que um livro não se conclui em um dia, mas se em um mês concluir um livro que não lido completamente, além de valorizar seu dinheiro, pois vai estar aproveitando os conteúdo do mesmo, vai no final de um ano ler 12 livros. Há quanto tempo não conclui 12 livros em um ano?
Se em cada dia investir 20 minutos em um curso inacabado, em pouco tempo o terá concluído e ficará muito satisfeito por isso, que é o ponto onde quero chegar, agora poder voltar a confiar em si é possível, adquirir conhecimento é possível, ser objetivo é possível, ser persistente é real  e tangível na sua vida e aí estão as provas disso.
 As crenças vivem de provas. Mudou as provas, mudam as crenças.
Usar técnica do espelho para lavar a própria roupa suja sobre o que ainda pensa sobre sua falta de comprometimento.
EFT para tarefas pendentes
Eu me vejo com todas essas tarefas inacabadas
O que penso que sou sendo tão inadimplente
O quero mostrar para mim mesmo
Que não posso confiar em mim
Que não sou uma pessoas que merece prosperar por isso
Tenho capacidade da fazer coisas
Mas minha vida está repletas de tarefas incompletas
Tudo isso inaceitável
Tudo isso inapropriado
Tudo isso imperdoável
Eu e minhas tarefas pendentes
Coisas que não suporto
Fatos inaceitáveis
Mas está lá
Todas aquelas tarefas me esperando
Compro livros e não termino
Arrumo a casa sem concluir
Tudo isso se repetindo na minha vida
E acabo dando mil desculpas
Mas o que vejo é que não sou de confiança
Não dá para seguir se não concluir o que deixei pendente
Muita coisa embaixo do tapete inacabada
Eu escolho me dar um chance em confiar em mim
E poder me dar uma chance de seguir mesmo assim
Aliviando os drenos energéticos por não cumprir o que prometi
Eu me permito não pegar tão pesado comigo
Pois desgasta minha energia e fica menos para realizar
Escolho fazer uma tarefa atrasada por vez
Respeitando outras prioridades
E assim me apreciar na persistência sem duvidar de mim
Mais do meu lado
Me incentivando
Sendo meu melhor amigo ao longo da vida e das tarefas por concluir
Aliviar a autossabotagem é meu direito divino natural de acessar a abundância do universo
Eu me permito acessar mais
Mesmo que meu cumprimento de tarefas esteja abaixo dos meus requisitos de padrões de confiança em mim.
replay da live sobre o assunto

sábado, 3 de novembro de 2018

Como deixar de ser Acumulador emocional com EFT


Por solicitação de clientes vou falar sobre esse assunto muito importante, o ato de ser acumulador e sua origem emocional.
Todo mundo conhece uma pessoa acumuladora, pois se caracteriza pela  grande quantidade de coisas inúteis em casa que não consegue se desapegar, alguns dos objetos com justificativa e já tive a oportunidade de descobrir que eu tbm era uma acumuladora, em menor escala, mas era. Muitas sub-existem em suas próprias casas para ter espaço desorganizado para a acumulação e fico extremamente irritadas quando alguém mexe em suas coisas sem permissão.
Tem muitos programas de TV ingleses que comentam que 20% da população britânica sofre com o mal da acumulação, e nessas programações uma especialista no assunto visita as casas das pessoas para ajudá-las e tem um outro em que a pessoas libera garagens alugadas por anos, ajudando a pessoa até a vender alguns pertences que podem ter valor.
No meu caso, era em um único quarto, tudo escondido por lá, com uma porta fechada até para mim mesma, só para não perceber o que realmente estava por trás daquele ocultamento físico e as emoções relacionadas.
Lembro quando meu marido veio morar comigo, ele se ofereceu para me ajudar a liberar aquele quarto que para ele era como ter 25% da casa sem real utilidade e hoje é um quarto de hóspedes/escritório para mim e para minhas sonecas meditativas.
Eu quero escrever sobre esse assunto a muito tempo, pois todos somos acumuladores na verdade, em algum nível, de feridas emocionais, de traumas, de momentos desagradáveis, e talvez por medo de sofrer novamente, ou olhar para eventos que queremos distância, acabamos botando objetos ou para nos segurarmos, para manter distância física e emocional de tais eventos. ou para ocultarmos de nós a dor, de forma física com os objetos, bem como de forma emocional com o distanciamento criado.
Tudo isso uma imensa ilusão, pois tudo está lá, somente fermentando, fora dos olhos, mas perto do coração, o lugar sagrado do amor incondicional, da compaixão e da alegria de viver.
Nos programas da área, sempre o acumulador tem um grande trauma, principalmente uma grande perda que nunca superou.
E foi o que pude observar enquanto meu marido corajosamente me ajudava a jogar fora o que não servia e a organizar e também me perguntava gentilmente quando isso tudo tinha começado.
Foi quando me dei contra que tinha sido um relacionamento que teve que acabar por escolha racional e não emocional, como sendo o estopim de tudo. E que agora eu já estava em um novo relacionamento de maior amor por mim e assim conseguia ter mais amor para alguém.
Foi muito embaraçoso perceber tudo aquilo guardado ainda em mim depois de tantos anos e me reconhecer com o tipo de perfil dos acumuladores, em princípio me fez sentir inferior, depois me fez sentir vitoriosa por me abrir para superar tudo aqui.
Como se meu marido tivesse agido como meu terapeuta naquele momento de forma intuitiva e tudo tivesse feito sentido para mim.
Depois fiz muita EFT para todos o sentimentos  citados que restavam oportunidades de trabalho, no mesmo dia em que terminamos a arrumação, apareceram para meu marido, pois até então até entrevistas estavam complicadas de serem agendadas, como se houvesse um fator invisível externo dificultando, mesmo que as pessoas quisessem agendar, não conseguiam...e em um deles foi agendado uma palestra para um congresso e no outro foi efetivado a oportunidade de trabalho.
Muita EFT para eventos que desde então nunca mais foram os mesmos pela técnica da carta desabafo.
Eu olho no túnel do tempo o conjunto de eventos que eu ainda carrego de sensações em que tive grandes perdas
Eventos que me parecem ainda pesados e inaceitáveis
Eu queria já ter entendido completamente porque tive que passar por eles
Mas fico me distanciando
Como uma maneira viciada de me manter distante
Assim sou a colecionadora de eventos de perdas e desacertos
Tudo isso na tentativa de me libertar da dor  que ainda insisto em não olhar
Posso não usar objetos materiais para me distanciar dessas perdas
Mas uso conchas cápsulas e objetos emocionais para tal
Essa tentativa de me distanciar dessas grandes perdas
Que só me fazer perder energia
Carregando pesos desnecessários
Me isolando de feridas contundentes ativas ainda em mim
Sei que usei esses métodos para me sentir melhor
Para não sofrer
Para me isolar da vergonha
e talvez até da culpa
e da falta de entendimento
e objetividade sobre as grandes perdas
mas agora eu escolho seguir mesmo sem o entendimento
faltam informações sobre o ocorrido
mas e a vida que eu posso viver depois e além disso
e a possibilidade existir e realizar além disso
não posso ocultar toda essa dor em mim
mas posso me permitir deixar tudo isso no passado
quem sabe um dia eu entenda
mas enquanto esse entendimento não chega
eu possa me permitir viver mais
experimentar mais
evoluir nas minhas ferramentas de nascença
Replay da live sobre o assunto com mais detalhes e práticas de EFT

domingo, 28 de outubro de 2018

Como agir se ofendi ou feri alguém

Olá, rico dia a todos que passam por aqui!
Muito feliz de estar por aqui , e compartilhar mais informações, socialização  de  autoconhecimento por essa ferramenta chamada internet, mais uma vez estou por aqui para responder a uma dúvida  de um dos integrantes de um dos meus grupos no whatsapp, onde só se tem papo cabeça sobre prosperidade e autoconhecimento, regado a muita EFT para cada objetivo e se alguém quiser participar vou postar os links na descrição do vídeo, pois ainda tem algumas vagas e são todos grupos gratuitos os dos links citados.
A dúvida que não quer calar: como lidar com o que já foi dito e já atingiu as pessoas?
Como falar da pedra que já foi lançada ao lado, e no final se interpretou que ela era necessária para outra coisa , o que fazer?
Se existe culpa ela é mãe da autossabotagem consentida, porque depois de ter a certeza  que errou , vai se permitir juntar energia para não permitir errar mais, tanto em barreiras para contato produtivos com outros, no decreto negativo de invisibilidade ou de isolamento, bem como a voz na cabeça que mostrar os erros todo o tempo com discussões mentais, não deixando esquecer o que foi mal feito.
Claro que queremos nos aperfeiçoar tanto no contato com outros, na melhor maneira de dizer as coisas, mas sempre vai existir a possibilidade da pessoa ter sua própria opinião e visão dos fatos, ou ser tendenciosa com ou sem intensão.
Se uma porta bate fortemente, indica que alguém estava furioso, ou pode ser somente o vento?
Para reduzir suas chances de dar mancadas com a fala, eu vou contar uma estória sobre Sócrates
Antes de falar pense nas 3 peneiras de Sócrates
 discípulo quer contar sobre um lado ruim de um amigo de Sócrates
1-É verdade?
2- Tem bondade?
3-Tem Utilidade?
Mesmo passando o que quer dizer por esses 3 crivos , ainda tiver vontade de dizer, recomendo o uso da EFT para decidir se vai falar de um ponto de paz, sem o peso emocional existente sobre o assunto que acaba gerando mais conflito e culpas destrutivas.
Se depois de fazer EFT pela culpa , na técnica do espelho, dizendo quais as razões que você era para ter agido diferente, muitas vezes, muitas mesmo , você ainda se sentir com necessidade de se redimir pelo ocorrido, então vá e converse com a pessoa, sem esperar que a pessoa lhe perdoe, só pelo fato de achar que é o correto a fazer, ou vai estar esperando retorno e se decepcionando sempre. Tenha em mente que nem sempre vamos acertar todas, pois em cada evento mesmo que se pareça, é um contexto diferente.
EFT- Imagine essa pessoa na sua frente em um espelho e
Você se desculpando com ela
Como se parece ou se comporta e você como se sente com a reação dela?
Direto nos pontos
Essa pessoa que eu ofendi
Agora eu peço desculpas
Ela ñ parece muito receptiva para minhas desculpas
Elas não parece muito aberta para dialogas
Eu estou aqui de coração aberto
Pedindo desculpas
Ela não acredita nas minhas desculpas
E agora o que vou fazer
Errei mesmo
Fazer o que
Agora não posso ficar só focando nisso
Eu me permito seguir mesmo com esse erro
Para ter a chance de mostrar a mim mesma que posso ser diferente
E assim me permito experimentar
Me permito ir avante
O outro parece não aceitar minhas desculpas
De certa forma com razão
Mas ficar somente aqui me punindo não demonstra mudanças
Nem me permite mudar
Eu escolho me perdoar mesmo que o outro não me perdoe
Eu escolho me acolher e ouvir
Mesmo que outro não me ouça
Eu escolha criar uma estratégia organizada e consciente de aprimoramento
Tudo isso para meu mais alto bem e de todos que me rodeiam
Entre no grupo autossabotagem zero pelo whatsapp
Live com mais detalhes


sábado, 27 de outubro de 2018

Como o medo destrói sua prosperidade


O medo é o maior mal do século, pessoas são manipuladas pelo medo,  tudo porque não se está mais na fase das massas se deixarem guiar por esse sentimento de forma descontrolada e congelante.
O medo é sinônimo que as pessoas acreditam na escassez, em que coisas estão fora do momento de acontecerem ou podem dar errado, que tem algo fora da capacidade de gestão da vida, totalmente contrário ao fluxo abundante e natural da existência.
Os medos nos travam indicando duas coisas, estamos em um único foco se sentindo sem saída, e sem meios de superar, sem apoio da vida, na forma familiar ou de amigos;  sujeitados a sorte, ao acaso e na verdade tudo é divinamente orquestrado...
Gosto do filme o todo poderoso, que depois de tudo que o ator principal ter feito muita bagunça dizendo sim para todos as orações, vem Deus e com ele ajeita tudo. Atores Jim Carrey e Morgan Freemann, fazendo o papel de Deus em férias. Que mostra que todas as partes são necessárias para promover harmonia, então quando uma das partes da prosperidade  é o ser com medo, nada flui com naturalidade, nem com facilidade ou leveza, pois tem um corte no que é espontâneo, que é o fluxo Universal. Quando foi o momento de Deus tirar férias, simbolizou que o homem poderia resolver tudo se não ficasse esperando que alguém fizesse por ele, mas quando no final se deu conta que era demais para resolver sozinho, se uniu com o todo e assim permitiu o caminho com menor resistência de acontecer.
O ser humano parece que  se sente desconectado quando está focado nos medos que tem sem uma medida de remediação. A medida mais eficiente que conheço é a EFT.
Entre no grupo com os 60 medos que bloqueiam a prosperidade com práticas diárias de EFT 
Replay da live sobre o assunto com sequência de EFT

domingo, 14 de outubro de 2018

Filme nasce uma estrela e suas mensagens escondidas de rejeição e gratidão


Olá, como vão? Espero que super no fluxo do melhor em sua vida!
Faz tempo que não comento sobre um filme em uma postagem minha aqui no blog.
Mas esse filme realmente mexeu comigo, pois foi possível perceber muito de efeito sombra, ou como queiram chamar, autossabotagem com um dos personagens.
Esse filme nem é uma estória nova, sendo que já é a quinta refilmagem sobre o mesmo tema de uma estrela que se cria, enquanto uma outra se apaga e todo o drama envolvido.
O que mais me chamou a atenção foi ver o mentor da nova estrela se apagar pelo fato de nunca ter curado seu passado com seu pai alcoólatra e acaba fazendo a mesma trilha do pai.
Tudo o que mais rejeitou no relacionamento com o pai, repetiu na doença do zumbido que possuia e mais drogas misturadas com álcool.
E depois que está sóbreo e se dá conta da vergonha que causara a esposa cantora, tira a própria vida num ato de autopunição pelo ocorrido.
Do que mais tem vergonha de si ou de outros , é o que mais vai fazer, pois lá está seu foco e energia.
Muita cobrança de atitudes que não consegue mudar. Muita dor guardada, se a condição veio de outros. Muita resistência em deixar ir, pois além das feridas tem as questões que o outro nunca se desculpou pelos erros cometidos.
E do lado da cantora  emergente, a profunda gratidão pelo reconhecimento recebido, por lançá-la como cantora, por lhe dar amor, carinho e cuidado durante o tempo em que se conheceram e viveram juntos. Até culpa ela sente pelo ato que seu marido escolheu cometer o suicídio.
Também tinha a falta de percepção do quanto ela poderia ser incrível cantando, mesmo não tendo uma aparência aceitável para a mídia, que ela ceitou como verdade dos que lhe falavam sobre música e sucesso.
Nesse filme está declarado o efeito sombra, tudo o que rejeitamos no outro é o que reproduzimos pois nosso foco está lá e de uma certa forma o decreto negativo de gratidão, a cantora emergente quase perde a carreira para elevar quem lhe elevou, sendo que o seu mentor não conseguia se librar da imagem negativa que tinha do pai.
Maravilhoso filme recomendo e vejam os meus vídeos relacionados para entender melhor esses dois fenômenos que não deixam de ser de autossabotagem.


domingo, 7 de outubro de 2018

Sobrecarregado, o que fazer?




Muitos se sentem sobrecarregados, com os afazeres do trabalho, estudos, pesquisas, casa, família, cuidados pessoais e quando vai se aproximando as férias se pensa nos preparativos, pesquisas para onde ir , com quem e como, é como se se estivesse sempre indo ao redor de preocupações e coisas para resolver, como se nunca pudéssemos descansar, fazer algo com calma, ou mesmo relaxar.

Nos estudos , meus alunos ontem ainda estavam falando sobre isso e no final da aula fizemos uma sequência de EFT para auxiliar.
Por que nos sentimos sobrecarregados?

·         Parte é a mente exigindo movimento como ela sempre foi programada para agir

·         Outro parte é a falta de critério para eleição de prioridades

·         Mais um fator é o respeito aos limites do corpo para execução de tantas atividades

·         Um item a mais que sobrecarrega é a sensação que se está cada vez mais com listas aumentando de tarefas, sem tempo para celebrações ou mesmo tempo com amigos e assim afiar o machado ( pego uma atividade nova e insiro uma antiga que não foi cumprida e o dia parece que se multiplica pois cumpriu algo antigo e pendente

Esquecemos que somos um só e que precisamos fazer uma tarefa por vez, pois já foi comprovado que somente 2% da população do planeta é realmente multitarefa

Fazer a lista de tarefas e não saber por onde começar é uma coisa que nos deixa bastante estonteados no primeiro passo de ação e acaba drenando muito nossa energia de realização

Para eleger prioridades ,primeiro tenha a lista de afazeres no papel, mesmo que depois ela venha a ser modificada, para liberar a mente para ver tudo com maior nitidez e um certo distanciamento

Se todas as tarefas parecem prioridade, faça a do topo da lista para começar

Tenha um espaço para si no seu dia

Centre-se antes de começar as atividades, com EFT , meditação, visualização ou tudo isso junto



EFT para sobrecarga ( primeiro visualize-se com centenas de coisa para fazer em sua frente, muitos caminhos e muitas tarefas)

Eu tenho tanto para fazer e me sinto sem saber por onde

Essa sobrecarga que consome

Que me devora

Que me faz sentir cansado só de pensar

Não gosto dessa correria

Será que vou conseguir fazer tudo

Será que vai dar tempo

Será que vai acontecer tudo hoje

O que faço primeiro

Muito difícil decidir

O medo de continuar sem resultados

O medo de  continuar falhando na ordem de execução de tarefas

Muito para fazer

E sou uma só

Eu fico imaginando se seria possível

Mesmo que com tudo isso para fazer

Eu ter um espaço nessa lista para mim

Quem sabe pela manhã para começar o dia com o pé direito

E uma primeira tarefa cumprida

Eu fico imaginando se seria possível pensar

Já que sou uma só

Cumprir uma tarefa por vez

Respeitando o ritmo biológico do meu corpo

Me dando paz

Reduzindo combranças

Pois minha energia também se vai com ela

Não é abandonar tudo

Mas é me perceber realizando a cada atitude

Fazer uma coisa por vez

E me perceber quitando tal tarefa

Nem que seja curtir meus resultados por 5 minutos

Parar de se obrigar a ser uma máquina de resultados

E escolher algo para fazer

e ter um tempo para relaxar

Parar de se agoniar com tanto o que tem a fazer

E se perceber realizando uma coisa por vez

Pois  cada um faz o que pode com o tempo que tem

Uma tarefa por vez fica de bom tamanho para mim

Eu começo a aceitar isso

sábado, 15 de setembro de 2018

Emoções e atitudes e a TPM

O assunto hoje é TPM, e os altos e baixo hormonais mais as emoções não encaminhadas, junta tudo e cria uma grande bagunça também na vida da pessoa
·         Rejeição da feminilidade
·         Culpa , medo , cólera contra a impotência e servidão
·         Crença de que os orgãos genitais são sujos ou pecaminosos, histórias que os pais contavam
·         Fluxo menstrual abundante- lágrimas reprimidas por falta de apoio ou amor, dificuldade em aceitar apoio, colocando-se em último lugar pra receber cuidados
·         Dor de cabeça- dúvidas no relacionamento, nos posicionamentos perante a vida, corpo sente uma coisa, mente entende outra no relacionamento.
·         Cólicas fortes- não aceitam algum aspecto seu ou da vida, até a necessidade de catarses.
·         Tristeza/depressão- já tentou de tudo no relacionamento consigo ou com outros mas não chega nos resultados esperados
Com a EFT é possível
·         Trabalhar os sintomas, mas vai voltar se não trabalhar os outros assuntos, pois as questões emocionais que deram origem continuam em você
·         Trabalhar os eventos em que se sentiu sem poder
·         Trabalhar os eventos com dúvidas
·         Trabalhar os eventos em que quiz dizer não e não conseguiu


·         Para falar dos sintomas é importante caracterizar onde dói, como doi e como te deixa com essa dor, como tudo isso te faz sentir
·         Para falar dos eventos em que se sentiu sem poder falar o que queria, técnica da carta desabafo para a história e técnica do palquinho para falar com a pessoa o que estava engasgado

EFT para como não aceita seu tempo
Eu percebo meu corpo nesse período hormonal
Muito desconfortável
Sem liberdade
Sem saída
Como se tudo isso fosse inevitável
Difícil dar limites
Difícil saber dizer não
Difícil me sentir nas rédias da minha própria vida
Mas eu fico imaginando se seria possível eu me dar a chance de me reempoderar
Em pequenas situações
Em situações maiores
Me aceitando mais
O meu ritmo
Sem me prejudicar para isso
Percebendo que faço o que posso
Sentindo que estou sempre em mim
Posicionada sem agressividade
Mas firme no que quero e gosto
E se estiver chorosa , vou chorar
Mas com EFT
Se estiver com raiva, vou sentir isso tbm,com EFT
Mas sempre pensando no que realmente quero
Que aconteça  de bom na minha vida
Me libertando de modelos a me comportar
Tudo isso para meu mais alto bem
E dos que me rodeiam